preloader

7 Passos Para Anunciar Aplicativos no Facebook

Confira todos os passos que você precisa seguir para divulgar seu aplicativo na maior rede social do planeta.

Você possui um aplicativo para dispositivos móveis e deseja promovê-lo na maior rede social do planeta?

Bem, fique tranquilo! O Facebook Ads possui uma solução de marketing voltada para quem quer anunciar aplicativos na rede social. Com esta solução você pode incentivar as pessoas a baixarem o app ou estimular o uso para aqueles que já baixaram, mas acabaram deixando o aplicativo de lado.

Neste guia, você verá os seguintes passos para criar suas campanhas e anunciar seus aplicativos no Facebook.

  • Registrar o aplicativo.
  • Implementar o SDK.
  • Configurar os objetivos da campanha.
  • Segmentar o público-alvo.
  • Criar os anúncios.
  • Configurar a otimização de eventos

1. Registrar Aplicativo no Facebook

Antes de você criar sua primeira campanha é necessário registrar o aplicativo no Facebook, como desenvolvedor. Se você não for o desenvolvedor do aplicativo que quer anunciar é necessário entrar em contato com ele.

Para isso, você deve acessar a página de registro e clicar no botão Criar conta de desenvolvedor.

Isto abrirá a tela de inscrição no Facebook for Developers.

  1. Clique em Avançar.
  2. Na próxima tela, clique em Desenvolvedor.
  3. Em seguida, você já poderá criar seu primeiro aplicativo.

Caso já tenha uma conta de desenvolvedor, você pode pular esta etapa e registrar o aplicativo. Para isso, clique no botão Criar novo aplicativo.

  1. Dê um nome de exibição para identificar o app.
  2. Insira o e-mail de contato.
  3. Clique em Criar identificação do aplicativo.

Depois que registrar seu aplicativo na plataforma, ele aparecerá no Painel de Aplicativos.

2. Implementar o SDK

A instalação do SDK é opcional.

No entanto, é válido fazer esta configuração. Com ela, a rede social consegue rastrear e mensurar com maior precisão as ações das pessoas em seu app. Assim, você consegue mais dados sobre o público no Facebook, o que permite segmentar os anúncios com maior eficácia.

Com o SDK, portanto, você cria campanhas mais personalizadas que aumentam o retorno sobre os investimentos.

Para isso, você deve seguir os passos abaixo. Caso você ofereça seu app em mais de uma plataforma (digamos, Android e iOS), será necessário definir a plataforma duas vezes no painel, uma para cada.

  1. Acesse o Painel de Aplicativos.
  2. Clique no aplicativo que você registrou na etapa anterior.
  3. Na coluna da esquerda, clique em Configurações e depois em Básico.
implementar sdk facebook
  1. Siga o passo a passo da documentação do Facebook para implementar o SDK nas seguintes plataformas:

3. Definir os Objetivos da Campanha

Uma vez concluídas as duas etapas anteriores, podemos passar para os objetivos da campanha.

Existem dois tipos de objetivos para quem anuncia aplicativos no Facebook:

  • Instalações;
  • Conversões no aplicativo.

Instalações

Se sua meta é aumentar o número de instalações do seu app, então você deve seguir estes passos para configurar sua campanha:

  1. Acesse o Gerenciador de Anúncios do Face.
  2. Crie uma nova campanha.
  3. Nos objetivos, selecione Instalações do aplicativo.
objetivo marketing anunciar facebook

A partir daí, o Facebook habilitará recursos para otimizar suas campanhas visando este objetivo.

Conversões

Este objetivo significa exibir anúncios para pessoas que já instalaram seu aplicativo. Talvez sejam clientes que fizeram a instalação e nunca usaram o app. Ou aqueles que usaram durante um tempo, mas acabaram deixando de fazer uso.

Para isso, na etapa de criação da campanha, você deve selecionar Conversões nos objetivos de marketing.

Na configuração do conjunto de anúncios, escolha Aplicativo como destino.

conversões anúncios app facebook

Em seguida, escolha o aplicativo que deseja anunciar. Lembre-se que ele já deve ter sido registrado no site de desenvolvedores do Facebook, conforme as primeiras etapas destacadas.

Você também pode selecionar eventos de aplicativo que passam para o Facebook pelo SDK. Falaremos sobre isso mais adiante.

4. Segmentar o Público-alvo

Assim como acontece com todas as outras campanhas publicitárias na rede social, os anúncios de aplicativos também permitem inserir diversas configurações de segmentação. O objetivo é alcançar as pessoas certas com seus anúncios.

Na mesma página de configuração do conjunto de anúncios, você pode escolher critérios de segmentação como os seguintes:

  • Localização geográfica;
  • Faixa etária;
  • Gênero;
  • Idiomas;
  • Direcionamento detalhado que inclui dados demográficos, interesses e comportamentos.

No caso dos aplicativos, existem opções especiais de segmentação, como plataforma (iOS, Android ou Amazon), modelo do dispositivo e somente Wi-Fi.

A propósito, temos um artigo que fala tudo sobre as estratégias de segmentação do público-alvo no Facebook.

Claro que você pode testar diferentes grupos de segmentação visando encontrar aqueles que oferecem os melhores resultados.

Se tiver um bom orçamento, poderá começar seus testes com uma segmentação mais ampla. Ao passo que analisar os resultados, poderá focar somente naqueles grupos com melhor desempenho.

No entanto, se você não tiver um orçamento publicitário muito amplo, precisará ser mais específico e restrito na sua segmentação. Foque nos grupos de pessoas com maior probabilidade de se interessarem em seu aplicativo. Caso não saiba exatamente quem são eles, poderá realizar testes com grupos mais restritos. Depois, avalie os resultados até descobrir quem converte mais.

Criar Público Semelhante

Uma opção para quem não sabe exatamente quem é seu público, é criar públicos semelhantes. Assim, você fornece ao Facebook uma lista de contatos (por exemplo, lista de e-mails). A partir daí, o Facebook analisa os dados e o comportamento destes seus contatos e procura encontrar um público semelhante.

Para isso, na seção Públicos Personalizados, clique em Criar Novo. Em seguida, clique em Público Semelhante.

criar público semelhante

Na tela seguinte, clique em Criar Nova Fonte > Público Personalizado.

Depois você deve selecionar suas fontes (como uma lista de e-mails).

5. Criar Anúncios

Finalmente chega o momento de criar os anúncios.

Assim, na próxima página do Gerenciador de Anúncios, você poderá criar seus anúncios como faria com qualquer outra campanha: título, corpo do anúncio, botão de chamada à ação, uso de imagens e vídeos.

Nesta hora, vale refletir sobre o poder engajador dos vídeos – um tipo de mídia poderoso que se conecta facilmente com a imaginação das pessoas. Isto é muito importante. Afinal, os vídeos apresentam movimentos que podem atrair a atenção das pessoas ao passo que elas rolam o feed de notícias.

Mas as imagens também têm seu valor e seu lugar ao sol nas campanhas publicitárias. Vale a pena selecionar algumas que conseguem se destacar com o fundo branco. Se for possível, utilize imagens que apresentem estilos de vida. Elas são mais atraentes e podem fazer os usuários prestarem atenção em você.

Uso de Deep Links

Você também pode inserir um deep link ou link profundo. Um deep link é uma URL diferenciada. Ela tem a capacidade de levar as pessoas que clicam no seu anúncio para uma localização específica no seu app, como uma página de produto.

Por exemplo, digamos que você possui um aplicativo de delivery de refeições. No seu anúncio, porém, você está divulgando um rodízio de pizzas. Assim, em vez de direcionar as pessoas para a página inicial do aplicativo e deixá-las procurar manualmente pela oferta do rodízio, você poderá enviá-las diretamente para a página certa.

Existem dois tipos de links profundos:

  • Deep links: são exibidos para as pessoas que já baixaram seu aplicativo.
  • Deep links diferidos: são exibidos para pessoas que não baixaram o app. Neste caso, o link do anúncio leva os usuários para a loja de aplicativos e, depois de instalado, redireciona-os para a página do app que despertou seu interesse.

E acredite: este tipo de estratégia dá resultados. Portanto, é possível melhorar as taxas de conversão utilizando os links profundos em seus anúncios de aplicativos no Facebook.

6. Configurar Otimização de Eventos

A otimização de eventos é um recurso do Facebook para exibir anúncios para pessoas que realizaram uma determinada ação no aplicativo.

Por exemplo, você pode criar uma campanha para exibir anúncios somente para pessoas que adicionaram produtos ao carrinho de compras, independentemente de terem realizado a compra ou não.

Quer uma lista dos eventos padrão de aplicativos? Confira abaixo:

eventos padrão do aplicativo

Qual destes eventos você deve escolher?

Bem, para responder esta pergunta, você precisa primeiro definir sua meta e saber os passos que o cliente dá no funil até chegar a esta meta. Depois, é só escolher os eventos que correspondem a este caminho.

Para configurar um evento, você já deve ter integrado o SDK do Facebook. Depois disto, para fazer a configuração manual dos eventos, siga estes passos:

  1. Acesse o Gerenciador de Eventos.
  2. Na lateral esquerda, clique no botão + Adicionar nova fonte de dados.
  3. Escolha Eventos do Aplicativo.
criar eventos no facebook
  1. Na próxima tela, clique em Instalar o código do evento do aplicativo manualmente.
  2. Selecione o aplicativo que já foi registrado na etapa 1.
  3. Escolha a categoria do aplicativo.
  4. Em seguida, você verá uma lista de eventos do aplicativo sugeridos de acordo com a categoria escolhida. Deixe marcado todos os eventos que deseja adicionar.
  5. Clique em Continuar.
  6. Escolha como deseja instalar o SDK e adicionar os eventos: enviando instruções para seu e-mail ou para o desenvolvedor.

Concluindo

A quantidade de aplicativos disponíveis no mercado é gigantesca. Assim, independentemente do seu ramo de atuação, é bem provável que haja muita concorrência.

Por este motivo, para se destacar no meio de tantos aplicativos que são despejados nas lojas de apps todos os dias, você precisa de uma estratégia de marketing inteligente.

Portanto, seja visto, chame a atenção, gere engajamento. Esta é uma regra de ouro para promover com eficácia seus aplicativos no Facebook.