Você quer saber como fazer aparecer seu anúncio do Google Ads para a pessoa certa?

16/09/2020 by in category Google Ads tagged as with 0 and 0

A segmentação tem como objetivo classificar o público em categorias e exibir os anúncios para grupos de pessoas. Neste artigo, saiba detalhes sobre todos os tipos de segmentação do Google e como exibir seus anúncios para as pessoas certas.


Você não precisa exibir seu anúncio para todas as pessoas. Na verdade, os dados mostram que isso não é bom.

A melhor coisa é segmentar seu público e exibir os anúncios somente para ele. E, de preferência, quando ele estiver inclinado a comprar o que você está oferecendo.

E aí que entra a segmentação do Google Ads. Com as ferramentas de segmentação você consegue configurar seus anúncios para serem exibidos somente para aquelas pessoas que têm interesse nas suas ofertas.

Neste guia, você vai conhecer quais são as opções de segmentação no Google Ads e as vantagens de cada uma delas.

Por que segmentar os anúncios?

O objetivo dos tipos de segmentação é dividir o mercado geral e o público-alvo em categorias. Desta forma, o marketing consegue ser direcionado para as pessoas certas. Além disso, a segmentação é útil porque permite exibir os anúncios na hora certa.

segmentação google ads

Por exemplo, se uma pessoa estiver em um site de esportes, este é um bom momento para exibir anúncios relacionados a artigos esportivos.

Em resumo, uma segmentação bem configurada faz com que a publicidade se torne eficaz, ajudando sua empresa a vender mais.

Por isso, quando você decide anunciar na internet, um dos passos iniciais é fazer uma cuidadosa análise do público-alvo. Com isso, você reúne os dados necessários para criar campanhas focadas nas pessoas certas.

E é importante se lembrar disso: quanto mais precisas forem as configurações de segmentação nas campanhas do Google Ads, maior a probabilidade dos anúncios atenderem às necessidades dos usuários.

Portanto, vamos analisar quais são os tipos de segmentação no Google Ads.

Tipos de segmentação

São diversos tipos de segmentação que você pode usar para definir quem vai ver seus anúncios na internet.

De modo geral, os grupos de segmentação são catalogados desta forma:

Segmentação Geográfica

Em primeiro lugar, a segmentação geográfica se concentra em separar as pessoas impactadas pelos anúncios de acordo com a região geográfica onde elas se encontram.

Assim, é possível limitar os anúncios para serem exibidos em determinados países, estados, cidades ou mesmo dentro de um raio geográfico.

A segmentação geográfica pode ser uma grande aliada para diversas estratégias. Por exemplo: uma empresa pode exibir anúncios de frete grátis somente para pessoas que residem em determinado estado. Desta forma, quem estiver fora deste estado não vê o anúncio desta oferta.

Além disso, é claro que você deve garantir que seus anúncios sejam exibidos somente em locais onde sua empresa atende. De que adianta exibir anúncios em todo o país se você atende somente em seu estado? Isto é dinheiro jogado fora! A segmentação geográfica evita este desperdício.

Como vivemos em um país continental, você pode criar versões de um mesmo anúncio utilizando a linguagem característica da região. Assim, o anúncio exibido na região sul do país pode ser ligeiramente diferente daquele exibido na região norte.

Segmentação Demográfica

Na segmentação demográfica, o mercado é dividido de acordo com características como sexo, idade e estado parental. Será que estas informações são importantes? Claro que sim!

Por exemplo, é evidente que o comportamento de consumo de um homem solteiro de 20 anos de idade é diferente de uma mulher de 40 anos, casada e com filhos.

Criar Links Patrocinados orientados por indicadores demográficos contribui para melhores resultados ao anunciar na internet. Com a ajuda das ferramentas de análise, é possível criar listas de segmentações de acordo com outras características, como renda e nível escolar.

segmentação demográfica

O controle dos gastos é tamanho que você tem a opção de definir um lance específico para um grupo demográfico. Isto aumenta as chances de exibir sua publicidade para as pessoas com maior probabilidade de clicar nos anúncios. E, sem dúvida, ajuda a aumentar o seu retorno sobre os investimentos (ROI).

Segmentação Comportamental

A segmentação comportamental funciona da seguinte forma: ela separa os clientes de acordo com seus hábitos de compra.

Pense no seguinte: alguns clientes precisam de menos tempo para tomar uma decisão de compra. Eles visitam um site, comparam alguns produtos e realizam a compra. Por outro lado, existem clientes que pesquisam muito, levando horas, dias ou semanas para concluir uma compra. Além destes, também existem aqueles indecisos que adicionam o produto no carrinho de compras, mas desistem no último momento.

Note que estamos falando de comportamentos de compras bem diferentes.

A segmentação comportamental pode ajudá-lo a exibir os anúncios para grupos específicos de pessoas.

Por exemplo, com o Remarketing, você pode criar uma campanha para exibir anúncios somente para pessoas que visitaram seu site e abandonaram o carrinho de compras.

Segmentação por interesse (personalizada)

O Google Ads possui grupos de segmentação conhecidos como Canais e Tópicos. Esta configuração analisa as preferências do usuário ao explorar páginas da internet. Assim, é possível exibir os anúncios de acordo com o interesse atual dos clientes.

  • Tópicos: você exibe seus anúncios em qualquer site na internet cujo conteúdo esteja relacionado com seu produto/serviço.
  • Canais: possibilita que você exiba anúncios somente em alguns sites específicos e previamente selecionados da Rede de Display.
segmentação por interesse

É possível combinar estes dois interesses. Por exemplo, digamos que você escolha o G1 como um canal para exibir seus anúncios. Ao mesmo tempo, você seleciona o tópico “saúde”. Neste caso, seus anúncios serão exibidos somente nas páginas do G1 relacionadas à saúde.

Segmentação por palavra-chave

Diretamente relacionada com a segmentação por interesses está a segmentação por palavra-chave.

As listas de palavras-chave são criadas para determinar o momento exato para exibir seus anúncios.

Por exemplo, se você possui um site de aquários, você pode adicionar “comprar aquário” como uma palavra-chave de sua campanha. Assim, sempre que os usuários pesquisarem por “comprar aquário” no Google, há uma chance dos seus anúncios aparecerem.

As palavras-chave também são importantes na segmentação da Rede de Display. Afinal, elas são usadas para determinar o conteúdo das páginas onde seus anúncios devem aparecer. Assim, ao selecionar a palavra-chave “aquário”, você garante que seus produtos sejam exibidos em sites relacionados.

Portanto, combinando os interesses (tópicos e canais) com as palavras-chave você contextualiza seus anúncios. Desta forma, você não corre o risco de exibir anúncios sobre petshops em um site de literatura.

Segmentação por dispositivo

A segmentação por dispositivo é utilizada em campanhas da Rede de Display e anúncios em vídeo.

Desta forma, você consegue criar anúncios focando em pessoas que estão utilizando diferentes dispositivos e telas. E define os lances com base nestas telas.

As opções de segmentação por dispositivo são as seguintes:

  • Computadores, incluindo PCs e notebooks.
  • Smartphones.
  • Tablets.
  • TVs, incluindo smart TVs, consoles de jogos e dispositivos como Chromecast.

Se você quiser anunciar em aplicativos para dispositivos móveis, o Google Ads permite que você escolha a categoria de apps onde deseja que seus anúncios apareçam. Além disso, também pode fazer remoções individuais com as exclusões de canais de aplicativos.

excluir públicos anúncios app

Segmentação por público-alvo

Esta configuração funciona como uma combinação de outras segmentações. Dizemos isso porque ela leva em consideração quem são os clientes, ou seja, quais são seus hábitos e interesses, o que estão pesquisando ativamente, quais são suas informações demográficas, além do histórico de interação com sua empresa.

Em outras palavras, são diversos sinais analisados e combinados para descobrir quem elas são.

Existem diversas opções de segmentação por público-alvo:

  • Públicos-alvo de afinidade
  • Eventos importantes
  • Públicos-alvo no mercado
  • Intenção personalizada
  • Lista de clientes
  • Públicos-alvo semelhantes.

Saiba mais detalhes sobre os públicos-alvo de afinidade e no mercado.

Escolher a segmentação certa para melhorar os resultados

Como mencionado, quanto melhor segmentado forem os anúncios, maior é a identificação das pessoas com eles. À medida que as campanhas são veiculadas e os resultados analisados, é possível melhorar cada vez mais a precisão da segmentação.

Assim, suas campanhas se tornam mais inteligentes e eficientes dia após dia.

Com campanhas bem direcionadas, sua empresa consegue envolver e motivar os consumidores.

E isto permite identificar os clientes mais valiosos, fomentando ainda mais a afinidade deles com sua marca.

Add comment



Clinks®️ | Google Ads Partner PREMIER

Política de privacidade e termos de uso

Trabalhe conosco